Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SALPICOS DA VIDA

Cores, retalhos, pontos, momentos e emoções que vão acontecendo no tempo e na vida.

SALPICOS DA VIDA

Cores, retalhos, pontos, momentos e emoções que vão acontecendo no tempo e na vida.

Qua | 10.09.08

Estou a ficar "cota"

Maria

Ontem foi o dia de encerramento da Festa das Vindimas. É uma tradição nossa ir a Palmela nesta noite para ver o cortejo, o fogo de artifício e  claro que fazemos a prova do moscatel. Dei-me conta de que estava imensa gente e imenso barulho. Foi durante o desfile que me apercebi que estou a ficar "cota". É que no meu tempo as pessoas paravam para assistir e respeitavam o espaço onde o evento decorria. Agora não, fica tudo caótico, as pessoas andam de um lado para o outro, atravessam as ruas, misturam-se com os figurantes e impedem que os outros desfrutem do suposto espectáculo. Parece que estamos numa crise geral de hiperactividade, o pessoal não consegue estar quieto.  Depois continuei a sentir-me "cota" quando fomos provar o moscatel. Quando digo provar é apreciar um pequeno cálice ou dois e fica tudo bem. Mas isso era no meu tempo, porque agora prova-se de garrafa em punho, nem é preciso copo. E vão umas atrás das outras. É engraçado que para algumas coisas são chamados de crianças, mas para outras já se sentem adultos. Depois lá vem  INEM carregar com eles e elas para o Hospital, em coma alcoólico. Será que os pais destes meninos e meninas sabem que eles se juntam e depois bebem até cair? Devem saber porque estão à vista de toda a gente. Realmente tenho dificuldade em entender isto, estou a ficar ultrapassada.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.